terça-feira, 31 de agosto de 2010

3º Fase me AdaptandO

Boa tarde turma, mais uma vez eu aqui pra encomodar vcs, pessoal que eu tanto amo....Ontem dia 30/08 fui ao Dr Juliano levar os exames que tinha me pedido semana passada mais como eles vão pra fora chegaram ontem mesmo pela manhã , aproveitei e fui a tarde levar , já que ñ me continha pra saber se deu alguma atlteração, pois antes da cirurgia vivia com himunidade baixa como ja contei  esses dias , pensei com falta de alguns alimentos devo tar com anemia , que nada me enganei graças ao meu Bom Deus ñ to com anemia e nenhuma outra alteração.. Hahaha fala sério tem que comemorar..kkkkk ...Hj dia 31/08 fui na nutricionista tbm pra levar os exames e mudar o plano alimentar , ela queria saber se tinha me adaptado bem a dieta semi-liquida, como me adaptei e os resultados dos exames foram bons  estamos na 3º Fase Dieta Pastosa por 10 dias tudo depende claro de como vou me adaptar , dependo do resultado positivo começo a Dieta sólida claro alguns alimentos ainda não poderei comer....Hj ela me passou na dieta:
  • Sucos de frutas sem casca ( ñ precisar penerar)
  • Frutas cozidas, amassadas  ou raspadas
  • Iorgute desnatado ou light
  • Leite de soja light
  • Leite desnatado enriquecido com ferro
  • Leites fermentados
  • Pão sem casca ( com requeijão light)
  • Biscoitos de leite ou de maisena molhados ao leite
  • Almoço e Jantar
  • Sopas cozidas ( legumes, arroz, macarrão, batata e frango desfiado)
  • Purês e suflês de legumes
  • Carne moida magra ( 2 x na semana)
  • Frango ou peixes desfiados ao molho
  • Caldo de feijão
  • Arroz branco ( papa)
  • Polenta mole
  • Ovo cozido, pochê, mexido ou omelete
  • Papas industrializadas para bebês
  • Sobremesas ( opcional) Gelatina, flan ou pudim diet
  • Utilizar pouco sal
  • Ingerir 1 clara de ovo cozido todos os dias


Opa ñ podia deixar de falar perdi no total 16 cm de quadril eita maravilha..hehehe
Inicio  =01/09
Termino = 10/09

Agora é so caprichar pra termos um excelente resultadO...

AdorOOoOooo
                                        

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Festa de comemoração 01 mês de cirurgia

Oiee bom dia amigos blogueiros, ei festei tanto sabadO..kkkk Calma no limite clarO..sahushaushuasa
1º fui na festa de rasteirinha já que o médico ñ me liberou ainda usar saltO...
2º bebi só água , muita água , acho que agora vou aprender festar sem beber..hehehe
Rasteirinha !!!
Pensa numa delicia de festa , nem dancei so mexia os braços fiz muita palhaçada ..Agora convenhamos tudo com moderação e vo k vou me adaptando nessa nova vida...Adorei comemorar o aniversario do meu estomaGO né ( FERNANDO)? rsrs ele  tem a cara de pau de dizer nossa ñ sabia que estomago faz aniversario, bobo sem graça ..Faz sim pra quem operou se pudesse e observasse tudO, acho que muitas outras coisas fazem aniversario dentro do processo da gastroplastia..ehehehe
O melhor de tudo é que os amigos respeitam sabe? Ñ ficam oferecendo bebida só pra zuar ou coisa assim , nossa etiene toda hora preocupada perguntando___ Rose ta cansada? Quer sentar? Isso tudo é tão gostoso sei agora que posso contar com ela ..ObrigadO Galera..
Muita água ...

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

01 mês de Gastroplastia, uma nova menina uma nova mulher !!!


Amigos blogueiros... Exatamente no dia 27/07/2010 as 13 hs entrei para o centro cirúrgico do Hospital Santo Antônio no município de Sinop no estado de Mato Grosso, é com imensa satisfação que venho hj relatar do meu 01 mês de gastroplastia, hahaha que emoção doida que to hj...É quem diria que colocar uma foto de mim mesma no espelho do guarda roupa e dizer ainda serei magra assim como já fui á alguns anos atras..Nossa como a vida muda e o mundo da voltas...To toda que toda ,que ñ tenho nem ideia do que escrever aqui no blog, só posso dizer que o sentimento que esta em mim resume em bem mais que felicidade, sim  nasceu uma nova Roselaine Wanessa Blasius com muito prazer estou aqui..Ontem estavamos comentando aqui em casa mamãe, vovó, vovô, maninha e prima Day quem diria que iria passar pelo pós operatorio tão bem assim, nem mudei de cor acredita? rsrs eles tiram saro de mim já que quando eu era mais gorda vivia com imunidade baixa sempre gripada, garganta inflamada e pra variar saia  herpis em mim, ufffaaaaaa... Mais graças a nosso bom Deus nada disso aconteceu depois da cirurgia já que muda tudo né , o organismo sente falta mais só tenho a agradecer mesmo ñ senti nesse um mês de operada nenhuma tontura, fraqueza ou algo assim...Nossa acho que quando a gente quer alguma coisa com muita vontade mesmo nada e ninguém vai mudar isso, só o bem vem a te acontecer..Que seje assim pai sempre sempre me abençoando e me protejendO, que as pessoas que estão prestes a fazer a cirurgia  estejem certas do que querem, pra lá na frente não se arrepender..Olha só agradeço mesmo  sou uma nova menina uma nova mulher e claro mais que uma GUERREIRA...

Parabéns pra mim...

Opa ñ podendo deixar de agradecer o cuidado que estou tendo dos familiares e amigoS....

Aceita um pedaço de bolo? rsrs

Serei a Sereia mais feliz do mundO!!!

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Com vcs é bom mais sem vcs é melhor ainda!!!

Boa tarde amigoS seguidores de meu blog, hj vim relatar que exatamente na data de 25/07/2010 foi minha ultima refeição de arroz e feijão (rsrs) no dia 26/08/2010 já estava me preparando para cirurgia no dia 27/07/2010, onde minha alimentação foi líquida o dia inteiro... Hoje fazendo 1 mês sem  comer " de verdade" sinto falta sim de sentir o gosto, mais creio que quando for liberada para comer não vai ter muita graça não e também não estou com pressa que isso aconteca já, que operei sabendo dessas dietas todas que precisam ser feitas, líquida, semi- líquida, pastosa e depois sólida o importante é cuidar cuidar  para ter um resultado bom para mim e para nutricionista... Agradeço aos amigos seguidores do blog.... Abraços

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

O que é Obesidade

O Que é Obesidade?
A obesidade é uma enfermidade crônica que se acompanha de múltiplas complicações, caracterizada pela acumulação excessiva de gordura em uma magnitude tal que compromete a saúde, explica o Consenso Latino Americano em Obesidade. Entre as complicações mais comuns está o diabete mellitus, a hipertensão arterial, as dislipidemias, as alterações osteomusculares e o incremento da incidência de alguns tipos de carcinoma e dos índices de mortalidade.
A obesidade é ainda o resultado de ingerir mais energia que a necessária. Não há dúvidas que este consumo excessivo pode iniciar-se em fases muito remotas da vida, nas quais as influências culturais e os hábitos familiares possuem um papel fundamental. Por isso dizemos que a obesidade possui fatores de caráter múltiplo, tais como os genéticos, psicosociais, cultural-nutricionais, metabólicos e endócrinos. A obesidade, portanto, é gerada pela interação entre fatores genéticos e culturais, assim como familiares.
Ainda de acordo com o Consenso, existe uma clara tendência entre os membros de uma mesma família possuírem um índice de massa corporal (IMC) similar. São várias as publicações científicas que demonstraram uma correlação entre o IMC de pais e filhos, o que sugere que, provavelmente, tanto os genes como um ambiente familiar compartilhado, contribuem ao desenvolvimento da obesidade.

Influência do Patrimônio Genético
De acordo com o Consenso, a variedade biológica das pessoas com relação ao armazenamento do excesso de energia ingerida é muito grande. Este fato está estreitamente relacionado com a suscetibilidade individual e seu patrimônio genético. Com base nos estudos de epidemiologia molecular, é possível afirmar que o número de genes associados ou relacionados com a obesidade gire em torno de 20.
Em função disso, algumas pessoas nunca chegarão a ter sobrepeso ou obesidade, outras podem aumentar de peso na medida que aumentam de idade, e outras ainda podem iniciar o aumento de peso desde a infância e mantê-lo em idades posteriores.
Estudos citados pela Profa. Marília, publicados pelo International Journal of Obesity em 1988, envolvendo 1698 pessoas de 409 famílias diferentes, concluíram que a participação genética na situação de obesidade chegou a 25% dos casos e variou até 30%, quando analisada a distribuição andróide de gordura.
Outras análises estatísticas confiáveis confirmaram que 25% da variação transmissível total é atribuída ao fator genético, e atribuíram ainda 30% à transmissão cultural e 45% a outros fatores ambientais não transmissíveis. Ou seja, a interação genético-ambiental é a que promove o desenvolvimento da obesidade no indivíduo.
Portanto, acreditam os médicos e especialistas de diversas áreas participantes do Consenso, é possível reduzir a influência da suscetibilidade genética efetuando-se modificações na cultura alimentar familiar e também da população como um todo, através de programas de prevenção e educação.
Fatores Psicológicos Também Influem na Obesidade

Também se leva em conta a influência das desordens emocionais e dos fatores psicológicos na prevalência da obesidade. De acordo com alguns autores da psicologia, citados pelo psicólogo Fernando Falabella Tavares de Lima em artigo publicado no site Bibliomed, do grupo eHealth Latin America, mecanismos psíquicos de fixação oral, regressão oral e supervalorização dos alimentos são de grande impacto na forma como as pessoas desenvolvem hábitos alimentares. É comum, por exemplo, que uma história passada de depreciação da imagem corporal e insuficiente condicionamento primitivo do controle do apetite leve aos transtornos alimentares, tais como a bulimia, a anorexia e também a obesidade.
No entanto, além das influências genéticas, psicológicas e familiares, o fenômeno migratório do campo para a cidade, característica das mudanças ambientais mais importantes deste século na América Latina, foi dos fatores mais importantes para o incremento dos índices de obesidade. Acrescentou-se nos hábitos de vida o sedentarismo e o consumo de alimentos processados com maior conteúdo de gorduras, carboidratos e menor aporte de fibra. Os aspectos sociais da obesidade são abordados nesta reportagem mais à frente.


A Obesidade na Infância

Segundo o Manual de Psiquiatria Infantil, de 1983, uma criança é considerada obesa quando ultrapassa em 15% o peso médio correspondente à sua idade, desde que o excesso de peso corresponda ao acúmulo de lipídios, fato que pode ser avaliado pela espessura da prega cutânea. No entanto, não é fácil estabelecer parâmetros que definam, com precisão, o limite entre peso normal, sobrepeso e obesidade.
De acordo com a professora Marília de Brito Gomes, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), não há como separar o termo obesidade de excesso de gordura corporal. "Admite-se que para a raça humana, a percentagem de gordura corporal situe-se entre 15 e 18% para o sexo masculino e entre 20 e 25% para o sexo feminino. Podem ser considerados obesos os homens com percentual superior a 25% e as mulheres com mais de 30%".


Desnutrição Intrauterina Pode Favorecer Obesidade na Infância e Vida Adulta

Há ainda o fator da desnutrição intrauterina, que pode predispor a criança à obesidade. De acordo com estudos apresentados no Consenso Latino Americano para Obesidade, quando existe desnutrição intrauterina, sobretudo a partir da 30ª semana de gestação, e até que a criança cumpra um ano de idade, se produz um aumento da sensibilidade para a proliferação de adipositos.
Se estas crianças recebem um aporte maior que o necessário da etapa pós-natal e principalmente durante os dois primeiros anos de vida, desenvolvem obesidade com maior facilidade, diz o estudo, aparentemente devido a modificações dos centros reguladores do apetite, situados no sistema nervoso central. Outras pesquisas projetam que estas crianças, ao crescer, apresentarão maior incidência de resistência à insulina, diabetes mellitus tipo II, hipertensão arterial e enfermidade coronária. Estas condições se evitam se não for favorecida a dita sobrenutrição pós-natal.

Prevenção da Obesidade Infantil


Para a Dra. Sylvia, é importante que as crianças, já a partir dos 4 ou 6 meses de vida, tenha uma dieta variada, colorida, que possua sabores e texturas diferentes, uma vez que os seus hábitos alimentares serão formados ainda nos seus primeiros anos. Ela recomenda que os horários das refeições sejam bem estabelecidos e que se evite longos períodos sem alimentação. "Nos intervalos das refeições principais devem ser incluídos lanches que podem conter, por exemplo, leite, frutas e pão, ou cereais", ensina.
De acordo com a nutricionista, para que a criança tenha uma alimentação equilibrada, é recomendável que consuma, pelo menos, um alimento de cada um dos três grupos abaixo, em cada refeição:
- Reguladores: frutas, verduras e legumes. São as fontes de vitaminas, minerais e fibras;
- Energéticos: cereais, pães, macarrão, batata, mandioca, farinhas, etc. Estes são as fontes de carboidrato, que fornecem energia ao organismo.
- Construtores: são ricos em proteínas, cálcio e ferro e compreendem as carnes de vaca e frango, peixes, ovos, leite e derivados e as leguminosas como os feijões, ervilha, lentilha, grão-de-bico, soja, etc.
Além disso, a nutricionista Sylvia recomenda que se aumente o nível de atividade física da criança, que se diminua os alimentos gordurosos, excluindo as frituras do seu cardápio e utilizando pouco óleo na preparação dos alimentos. Ela acrescenta ainda que se substitua os refrescos artificiais e os refrigerantes por sucos naturais de frutas, além de diminuir o consumo de doces e açúcar e dos alimentos de "fast food" e "junck food", dando sempre preferência aos alimentos frescos e naturais. Pesquisas demonstraram que é importante que o teor de gordura nunca ultrapasse 25% do total da alimentação da criança.
Em crianças que já sofrem com a obesidade, sugere-se uma educação nutricional, e não uma dieta, para que os resultados sejam de longo prazo. Do mesmo modo, é importante que a família também siga as mesmas normas alimentares, e que não se utilize o alimento como prêmio ou punição na educação da criança. De acordo com estudos sobre o assunto, 20% das crianças têm sucesso no tratamento da obesidade. O Dr. Fábio Ancona Lopez, vice-presidente da Sociedade de Pediatria de São Paulo, chegou a afirmar que as chances de vencer a obesidade diminuem à medida que o problema persiste na adolescência e na fase adulta, chegando a diminuir em 80% para quem é adulto. O alerta do pediatra serve para que a obesidade seja identificada e que a criança seja encaminhada para tratamento o mais rápido possível.

Fonte: Site  Boa Saúde

terça-feira, 24 de agosto de 2010

IndOoooo

Vamos que vamos...        Oieee pessoal aqui estou eu mais uma vez pra dizer o quanto to feliz , eita nóis recuperação maravilhosa...Então ontem23/08/2010 fiz meu retorno de um mês no meu Deus da terra rs Dr. Juliano ( Aproveitei pra tirar uma fotinha) sucesso 28 dias de operada e 11 kg off...Nem senti receio de subir na balança kkkk como que sente né? Mais vai saber..Tudo ok em meu retorno, fazendo a alimentação certa deu até risada de mim pq falei que eu congelo yakut ou gatorate no copo de café pra ficar chupandO,já que tomo água e ñ passa a sede,to usando a cinta como o dr me pediu, me liberou para ir pra faculdade, trabalhar , só não me liberou ainda pra usar salto mais nem da nada..rsrs ui vou ter que ir na festa sabado de rasteira, mais o melhor é que vale a pena..Shuashausa...O dr me pediu alguns exames de sangue agora é so aguardar chegar o resultado já que o exame vai pra fora , creio que vai demorar uns 5 dias por ai...Fiquei contente com o resultadO... Hoje 23/08/2010 fui na nutricionista Dra Gisele Manfrins também fazendo retorno de um mês acho que a consulta demorou uma hora e pouco também falamos de tudo um pouco, adorei ela tirando as minhas medidas do pré operatorio perdi 15 cm de quadril, ebaaaaaaa, boum a dieta que eu estava fazendo de liquida passou para semi-líquida por uma semana pra ver como meu estomago vai reagir onde teno que fazer 8 refeições por dia de 80 ml e nos intervalos tomar água ou água de coco para não deixar desidratar, essa dieta não vou mais precisar coar tudo só continuo liquidificando mais coando não..Mais um passo dado espero me adaptar bem certinho nessa nova vida que to amandO...S2....Terça feira dia 31 volto a nutricionista pra ver como passei esses dias com a dieta do semi-líquida e ver se já posso ir pra dieta pastosa.Até lá vou caprichando, pra ter um maravilhoso resultadO...Ah! esqueci de falar enquanto estava aguardando o horário tinha uma moça sentada do meu lado, eu cuidando ela de rabo de olho rs, na hora que ela abriu uma pasta que estava sobre as pernas dela vi que ela tava com encaminhamento de cirurgia bariatrica, ai já falei desculpa mais vc vai operar né? falei logo em seguida pra variar com quem? ela me disse___ então fui no Dr. Juliano ontem ele me explicou e passou os encaminamentos dos médicos que teno que ir, opa já falei nossa operei com ele faz 28 dias e to super bem , ai já começamos a falar sobre  a cirurgia , ela me perguntou como eu estava me sentindo falei que to ótima melhor que esperava pegou meu telefone, meu email espero que ela me liga é boum trocarmos idéias, tirei algumas duvidas que ela tinha sobre ter dor depois da cirurgia e coisas assim..Gostei da minha tarde..


ObrigadO Deus por tudO***

domingo, 22 de agosto de 2010

Escolha --> Redução de Estomâgo <--

O que me fez escolher pela cirurgia Gastroplástia

  1. Roupas G que ainda ficavam marcandO...
  2. Os braços enormes baaby loock uma raridade...
  3. Só blusinhas largas...
  4. Manequim 46 entram nas coxas e no quadril ficavam caindO...
  5. Os pés gordos dificuldades em comprar sandálias...

Dificuldades do dia dia ...

  1. Em cortas unhas dos pés...
  2. Sentar no chão na ora de levantar, segura peão...
  3. Praticar esportes...
  4. Subir escadas...
  5. Como as pessoas te olham ao sentar em cadeira de plásticO...
  6. Comprar roupas...
  7. Arrumar emprego ...
  8. Arrumar um namoradO...
  9. Fazer trilha...
Se resumindo um "obeso" acaba se limitando de muitas e muitas coisas que pessoas "normais" fazem ...As vezes nem tentam só de pensar como as pessoas reagem   onde ele mesmo se bloqueia pensando já nas risadas que muitos imaturos possam dar...

Creio-me,fiz essa cirurgia sim,com um único pensamento ...
Meu auto estima.... ( Nunca deixarei de sorrir) :)
Meus hábitos vão mudar poderei conviver com as pessoas " normais" sem que haja uma risada se vou dar conta ou não de fazer aquilo...
Vou poder vestir uma roupa mais justa sem que ela marque...

Obs: Corpo bonito sim ... Mais na real prefiro viver bem , comer bem ...Agora antes de comer qulquer coisa vou pensar se realmente meu corpo merece aquela delicia de comida...
Mais o melhor é o bem estar que a cirurgia já esta me proporcionandO...É vc ter a certeza do que realmente quer sabendo de todas as mudanças que vão te ocorrer...Só a sensação de quando termina a cirurgia e vc se olha  no espelho já parece que tudo mudou em sua vida ...
Opiss a minha mudou e vai mudar mais ainda, onde já tive que fazer a escolha da cirurgia, sendo que muitas outras escolhas virão e aqui estou eu para escolher o melhor para mim...


                                                                Feliz!!!                               

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Seje bem vinda ( Mudança)

Ai que delicia
Haaahaha que emoção poder escrever isso..kkkkk eita bobeira que me consome rsrsrs...As mudanças que o corpo vai apresentando com o passar dos dias de cirurgia ..Uiiii as roupas já estão sobrando, as blusinhas de mamis estão servindo em mim ... hehehe e o melhor o corpo ta diminuindo tbm ñ é pra menos so to na base de liquido.. o rosto afinando a cintura se modelando, o pescoço ja ta aparecendo mais tipo acho lindo os ossos do pescoço aparecendo, as mãos tbm aparecendo os ossos dos dedos, que bobeira né? Qui nada isso é muito boum isso sim..Cada dia uma vitória maravilhosa e não canso de dizer estou super Feliz com minha escolha, não me arrependo em nenum momento por ter feito redução do estomago, so agradeço a Deus por tudo estar correndo bem...


ObrigadO DEUS

domingo, 15 de agosto de 2010

19 Dias de Gastroplástia e menos 11kg ( --- Ainda direi de Baleia pra Sereia)

   Hj passei por mais uma provação em minha nova vida , pessoal aqui de casa quiz ir almoçar fora .rsrs ....Mamãe veio toda desconfiada para me chamar acho que ela tava com  medo, tipo de eu não querer ir com elas, mais ñ tava dormindo bem gostoso na hora que ela veio falar.___ Filha vamos almoçar fora falei claro mãe ,vamos sim sem ploblemas.Ela logo disse vc quer que a mãe prepara seu caldo e leva ou vc toma antes de ir .Logo falei que nada mãe vou tomar antes de ir já que vamos a pé e lá eu tomo um suco natural.Então mãe preparou o caldo tomei e fomos almoçar fora..hehee...Ai que cheirino boum de comida que nada logo me enjoei e fiquei na minha , pedi um suco natural coado como recomendado pela nutricionista. Na vinda para casa passamos enfrente a uma farmácia não falei nada ai vou me pesar pra ninguém vim e falar ta com mania de balança conhecendo bem esse povo..rsrsrs que eu AMO..rsrs A  mãe e a vó tavam mais anciosa que eu já me chamaram Laine vamos nos pesar? Opa é nois que pesa e a alegria da criança..hehehehe
Upiiiiii lá fui eu pra balança ....kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk tava com 96 Kg no dia da cirurgia e hj com 19 dias com 85kg  que é = ( - 11 Kg)....Vc sabe o que isso significa pra mim? Pra vc as vezes pode ñ ser nada , mais pra mim é um TUDO........Ainda direi de Baleia pra Sereia..... ( ADORO)
Já que bola pra frente que atras vem gente, sabe to ótima acho que fiz a decisão certa em minha vida , ñ fiquei chateada por ver elas comer delicias, ai que me deu mais vontade de ficar de bem comigo...Amigos to Feliz por dimais da conta meu psicologico graças a Deus esta preparadO......Creio que é o essencial em uma cirurgia como essa...

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Conclusão da Técnica utilizada

Explicações sobre a cirurgia realizada em mim foi retirada do blog " Fui Obeso" com a permissão de meu novo companheiro de Gastroplástia  Luis Henrique Marques...Com crédito do seu médico..

                Dr. Claudio Jamel

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Falando sobre a Técnica Bypass Gastrico em Y de Roux

Técnica: Bypass gástrico em Y de Roux - Capella.



Histórico:






O "Bypass Gástrico" é a "Cirurgia Bariatrica" mais frequentemente realizada no mundo. Setenta por cento das cirurgias bariatricas feitas no mundo são Bypass Gástrico. Essa cirurgia também é conhecida como "Cirurgia de Fobi e Capella" ou "Septação Gástrica".Mason (o Pai da Cirurgia Bariatrica Mundial) e Ito, dois cirurgiões americanos, perceberam na década de 1960 que os pacientes que tinham gastrectomias (retirada parcial ou total do estomago) para tratamento de úlcera gastroduodenal emagreciam. Concluíram que o fator emagrecedor era duplo. O primeiro fator era "a diminuição do estomago para um volume de 100 ml" e o outro era "a comida não passar pelo duodeno e jejuno inicial". Resolveram então fazer a mesma cirurgia com a finalidade de causar emagrecimento em obesos mórbidos.






Em 1967 iniciou-se a era do Bypass Gástrico para tratamento da Obesidade. Em 1986 Mal Fobi , apresentou a mesma técnica porem "sem a retirada do estomago do corpo", ou seja, a comida só passa por um estomago reduzido mas o restante do estomago continua no corpo. Dessa forma o estomago seria separado em 2 estomagos: um pequeno de 100 ml por onde a comida passava (pouch) e outro grande de 1.500 ml por onde a comida não passa (estomago excluso).Essa modificação acrescentou 2 vantagens. A primeira é que a cirurgia passou a ser realizada em tempo mais curto (fator importante para reduzir complicações cardio pulmonares em pacientes já previamente graves pela obesidade). Observe que a "não retirada de peças do corpo" é importante porque torna a cirurgia "reversível". A segunda era evitar as complicações de uma gastrectomia. Fobi tambem criou um anel de silicone que impedia a dilatação do estomago.






Em 1991 Rafael Capella sugeriu a diminuição do pouch de 100 ml para 20 ml e passou a proteger o pouch com o intestino delgado para evitar fistulas (vazamentos). Ao invés de usar o anel de silicone (de Fobi) ele usava uma tira de tela de polipropileno. Criou-se assim a Técnica de Fobi e Capella.Em 1994 Wittgrove e Clark fizeram o primeiro Bypass Gástrico por Videolaparoscopia onde a única diferença em relação ao Fobi e Capella era a ausência de anel ou fita. Até hoje o "Bypass Gastrico por Videolaparoscopia" é tido como o "Padrão Ouro" da Cirurgia Bariatrica.






Mecanismo de Ação:






O mecanismo de funcionamento dessa cirurgia é duplo, baseia-se em Nutrição Ileal e Redução Gástrica:






Nutrição Ileal:






Nutrição Ileal, ou seja "fazer a comida chegar no intestino delgado terminal". Quando a comida chega ao intestino terminal existe a produção de hormônios que causam a saciedade a nível cerebral logo a pessoa não quer mais comer (perde a fome). Alem disso esses hormônios fazem a comida voltar de marcha ré para o estomago causando desconforto estomacal traduzido como empachamento. Esse é o "Grito do Intestino Satisfeito" que pede para o corpo parar de comer. Alem disso esses hormônios melhoram a produção de insulina de pâncreas cansados, melhorando a Diabetes tipo 2. O duodeno e o jejuno proximal são trechos do intestino que tem altíssimo poder de absorção, ou seja, grande parte da comida passa rapidamente do intestino para o sangue nesses trechos. A comida moderna, infelizmente, não contem fibras e, pior ainda,é baseada em carboidratos. Esse tipo de "comida moderna" é de facílima absorção e quase a totalidade desse tipo de comida é absorvida para o sangue nesses trechos. Dessa forma não chega comida no intestino e assim não existe o "Grito do intestino". Essas pessoas comem, continuam com fome e comem mais. O Bypass Gástrico cria um "atalho" no tubo digestivo. A comida vai passar por um estomago pequeno que será costurado ao jejuno médio. Em outras palavras a comida não passa pela maior parte do estomago, nem pelo duodeno e nem por 70 cm de jejuno inicial. Essa modificação vai impedir a intensa absorção alimentar que ocorreria nesse trecho. Assim a comida chegará ao intestino delgado terminal e ocorrerá o Grito do Intestino e a fome diminuirá logo após o inicio da refeição.Esse é o principal mecanismo emagrecedor do Bypass Gástrico. Talvez 95% dos pacientes que foram submetidos a essa técnica não sentem mais fome como antes. Essa caracteristica parece manter-se para sempre conforme relato dos gastrectomizados por ulcera (cirurgia realizada desde 1880).






Redução Gástrica:






O estomago funcional (pouch) é pequeno,tem ao redor de 20 ml, e a passagem do alimento desse pouch para o intestino é retardado por algum "fator atrapalhante" (anel ou costura calibrada). O paciente sente que precisa esperar alguns segundos entre duas deglutições. É como uma ampulheta onde a comida precisa de um tempo para passar do compartimento de cima para o de baixo.Ele sente-se empachado com pouca quantidade de comida.Esse fator atrapalhante é importante para ensinar o paciente a comer devagar e ter "Saciedade Gástrica". Nunca fazemos muito justo porque não desejamos que nosso paciente vomite. Acreditamos que a qualidade de vida do "vomitador" seja ruim. Queremos que ele coma normalmente qualquer tipo de comida (exceto bagaços de fruta, pois podem entupir o intestino). Prefiro atualmente a costura calibrada ao anel, pois se houver algum fator de cicatrização exagerada que estreite muito a passagem da comida, teremos a opção de realizar a dilatação endoscópica ambulatorial da anastomose gastrojejunal (costura que une o pouch ao intestino).Esse fator atrapalhante é importante para evitar a compulsão alimentar de ordem psicológica, porem se exagerado pode causar vômitos que alem de desagradável acaba as vezes "ensinando o paciente a comer doces" (que passam mais facil por não ter fibras) ao invez de carne e legumes. Ou seja, costura muito justa talvez engorde.






Resultados:






A proposta dessa cirurgia é a perda de aproximadamente 40 a 45% do peso total em aproximadamente 7 meses. Para tal o paciente precisa nesse período ter atividade física aeróbica para queimar as gorduras adquiridas no passado. Temos sete meses para realizar a queima das gorduras. Não adianta começar atividade física depois desse período pois o potencial de perda de peso se limita a 7 meses. Sugerimos caminhadas ou natação, pois não causam lesão por impacto nas articulações. Uma fratura de perna jogando futebol nesse período pode comprometer o projeto todo. Nesse período proibimos a ingesta de doces para não atrapalhar o "Projeto de queima de gorduras antigas".Após atingir o peso ideal, em provavelmente 7 meses, o paciente estará em um novo "Ponto de Equilibrio Global" com um corpo razoavelmente magro, provavelmente sem fome e com outras fontes de prazer. Nessa nova condição é permitido ingerir um pouco de doces e ter menos atividade física.A proposta é de oferecer uma boa qualidade de vida pois:






- Os pacientes provavelmente não sofrerão por fome, pois a grande maioria perderá grande parte da fome .Muitos pacientes esquecem de comer alguma refeição ocasionalmente;


- Comer não será mais um grande prazer, pois o paciente não terá muita fome. Como ninguém vive sem uma fonte de prazer, o paciente acaba encontrando outra fonte substituta (esportes, dançar, namorar, etc);


- Os pacientes não vomitarão com freqüência pois a costura é feita visando dar passagem a todo tipo de comida (exceto bagaços). Deve-se comer devagar e em momentos tranqüilos.


- Os pacientes geralmente não tem diarréia e as fezes não costumam ter odor forte.






Complicações:






As complicações cirúrgicas são raras e principalmente causadas por soltura de um grampo (fistula). Durante a cirurgia usamos grampeadores para separar e juntar o estomago e o intestino. Na cirurgia testamos todos os grampeamentos com um corante azul (Azul de Metileno). Se por acaso algum grampo ficou frouxo ocorre o vazamento do azul e nesses momentos nós costuramos a falha com fios cirúrgicos. A cirurgia só é encerrada quando não houver vazamentos. Em outras palavras ao final da cirurgia todos os grampeamentos estão invariavelmente perfeitos.A cicatrização completa de qualquer ferida cirúrgica ocorre em 30 dias e nesse período um grampo pode vir a soltar causando o vazamento de liquido gastrointestinal para a cavidade abdominal e assim acarretando em peritonite.Esse evento é raro, mas pode vir a ser muito grave. Precisamos evitá-lo. Nos primeiros 30 dias as costuras não podem sofrer pressões. Por isso nós orientamos ao paciente que alimente-se de 20 ml de líquidos ralos e coados com pausa de 10 minutos entre as tomadas.A mortalidade dessa cirurgia é descrita mundialmente ao redor de 0,6% e geralmente associada a grandes obesos com doenças graves desde antes da cirurgia. Acreditamos que a mortalidade de "continuar obeso" seja muito maior que a mortalidade da cirurgia, por esse motivo operamos obesos em qualquer situação (hipertensos, diabéticos graves, coronarianos, etc.). Entendemos que a cirurgia seja o único tratamento desses pacientes.






Acompanhamento:






É necessário que para toda a vida o paciente mantenha contato próximo com a Nutricionista para tratar eventuais alterações nos níveis de Vitamina B12, Ferro e Cálcio pois esses elementos são absorvidos com a colaboração do estomago e duodeno. Uma nutricionista especializada em Cirurgia Bariatrica consegue prevenir essas alterações com o uso rotineiro de vitaminas e sais minerais. Essa nutricionista também avalia se existe perda de massa muscular, nesse caso é importante suplementar a dieta com proteína em pó.Também é necessário acompanhamento com o cirurgião para:






- Avaliar cálculos de vesícula biliar. Todo emagrecimento rápido, com ou sem


cirurgia, pode causar a formação de cálculos na vesícula biliar. Estima-se que 20% dos pacientes operados desenvolvem essa doença. O calculo biliar pode obstruir o pâncreas causando a perigosa Pancreatite Aguda. Sempre que um exame de ultra-som diagnosticar a presença de cálculos na vesícula biliar é necessário programar a cirurgia para retirada da vesícula biliar (de preferência por videolaparoscopia também);






- Avaliar por Endoscopias Digestivas a presença de refluxo gastroesofageano ou de úlceras no pouch. Nesse caso será necessário o tratamento medicamentoso;






- Avaliar por Endoscopia a passagem de alimento pela costura entre o pouch e o intestino. Se muito estreita talvez planejar uma Dilatação Endoscópica dessa passagem. Os benefícios dessa cirurgia são evidentes em todos os campos possíveis como no tratamento da hipertensão arterial, diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares, colesterol, artroses de quadril e joelho, etc. Costuma causar grande melhora na auto estima e de forma geral nossos pacientes consideram-se mais felizes.Talvez 10% dos pacientes operados tenham uma reengorda parcial, que pode ocorrer alguns anos após a cirurgia. Esses casos são muito complexos e envolvem muitos fatores diferentes como, por exemplo: problemas psicológicos, compulsão por doces ou álcool. O tratamento inicial é sempre com a Nutricionista e com a Psicóloga.

sábado, 7 de agosto de 2010

12º dia de Gastroplástia GUERREIRA :}

<>
Eu e maninha
Oieee pessoal  hj é mais um dia em minha nova vida , como posso dizer e disse nasci dinovo...ehehehe
Hoje vim falar um pouco de como foi comunicar aos parentes e amigos sobre a decisão da cirurgia , eita ñ foi nada fácil ñ, sabe muitos foram contra me criticaram muito e muito mesmo , tipo onde se viu isso menina nova pode emagrecer sem cirurgia,fora dizer que é de alto risco, houvi muita coisa assim parecia que falavam só pra me desapontar mais Amém to aqui hj firme e forte , nada e nem ninguém me desanimou parecia que eu criava um murro bem alto dentro de mim que só me fortalecia e foratalece até hoje.Vc é doida cirurgia aberta? nossa vai carregar essa cicatriz pro resto da vida, penso comigu antes eu carregar ela do que o cimitério me carregar devido as complicações da obesidade. Tudo foi maravilhoso desde a minha iniciativa de correr atrás dos médicos que o Dr Juliano me passou..E lá fui eu sabia que podia houvir ñ da endócrina mais ufffaaa consegui ai sim fiquei feliz, gente quando vc deseja algo e consegue  e tipo assim ainda ñ tinha conseguido a liberação da UNIMED já contava com mais que meio caminho andado..ehehehe eita nois..rs... Passei dias de stress, agunia, anciedade e tudo mais, ningém em casa entendioa o que eu tinha, tinha um único medo e se a UNIMED ñ liberar? Não tenho nem idéia o que ia ser de mim, já que particular ia ser uma cassetada..Affzzz , em uma linda quinta feira recebi telefonema da Unined dizendo Roselaine sua cirurgia foi liberada..ahahaha gritei tanto no consultório ainda bem que a patroa ñ tava e chorei também até solucei.. rsrsrs claro logo liguei pra minha mãe  e ali a noticia se espalhou. E logo avisei a secretaria do dr que a mesma ja tinha sido liberada , nossa tenho até dó dela pois ligava todos dias pra saber ja tinha vindo alguma resposta na quarta feira dia 21/07 foi tudo marcado e decidido...Obaaa... até dancei na rua rsrs.. ali estava eu com tudo pronto pro grandioso dia ...27/07/2010 ás 13 hs Hospital Santo Antônio....Hoje penso quase ningém me dava um apoio moral e claro que ninguém também gostaria de ser um gordo e sentir suas dificuldades e suas limitações bem de pertinho..Sabe o que muitas dessas pessoas me falam? Você é uma GUERREIRA.....

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

11 dias de Gastroplastia e 6 kg a menos

Bom dia amigos , hj foi um dia maravilhoso, fui retirar  um pouco dos pontos agora pela manhã e o que me deixou mais feliz foi que ja perdi 6 kg em 11 dias. Eita delicia rsrsrs pensa numa sensação de leveza e também de houvir do médico que a cirurgia esta ocorrendo maravilhosamente bem, é tão gostoso você estar obtendo resultado assim em tão poucos dias... dias assombrados na UTI ( nen gosto de pensar) de saber que tudo passou que os enjoos passaram e que em poucos dias tive resultado maravilhoso.Saber  que fiz uma escolha e tanto pelo profissionalismo do DR. Juliano Berticelli serei grata a esse homem que me deu condições de nascer novamente e ter prazer de viver, em saber que no amanhecer  vou ver um céu mais que azul posso dizer colorido.Não tendo a sombra da obesidade em minha vida. É aquilo que ja disse nascer gorda e as pessoas dizer que bebe mais lindo, fui crescendo corpo cinturinha bonitinha, bumbum grande e rosto amis que perfeito , mais isso só não agrada o obeso quando chega em  um determinado tempo as coisas deixam de ter brilho, se vc não tiver um psicologico forte uma estrutura emocional boa o mundo desaba eu estava assim tudo e todos não me interressavam mais nada tinha graça, mais já estou me  recuperando nos dias que passam.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Laine Gatroplástia ( BYPASS GASTRICO EM Y DE ROUX)

Olá amigos, venha através deste blog contar um pouquinho de uma nova Roselaine  posso dizer 2010, (rsrs) a nova sensação de estar vivenciando todas essas mudanças que estão me ocorrendo.Não vou mentir passei por alguns maus bocados em minha vida sendo eles decorrentes a obesidade com discriminação pelo excesso de peso que ganhei aos anos decorrentes.Nasci fofa ( como todo mundo diz nossa que bebe lindo) mais ninguém sabe das dificuldades diárias de um obeso, elas estão nas mínimas coisas desde calçar um ténis, cortar as unas dos pés e o mais difícil você chega a um determinado tempo que não tem vontade de fazer nada, nem sair de casa, penso comigo, menina jovem 21 anos com uma vida comprometida pelas doenças adquiridas com excesso de peso.Essas "coisinhas" me esgotaram um determinado dia resolvi procurar meu DEUS da terra DR.Juliano Berticelli salvador da minha pátria (rsrs), para ver a possibilidade de Redução de estômago, fui ,e lá um choro de por favor não quero ser mais gorda.Hoje com 10 dias de gastroplastizada estou Feliz por demais , nem sei explicar esse sentimento que esta em mim só posso dizer uma nova vida , uma nova história e assim por diante..Bom 1,56 com 96 Kg ..Obs amanhã vou ver quanto emagreci , vou retirar os pontos , agradeço as familiares que no começo não aceitaram mais agora estão comigo e as eternos amigos e primeiramente Deus  pois consegui mina cirurgia pela UNIMED (ñ paguei diferença)..Obrigada BeijãO